Pois é pessoal,

Confirmando os rumores a Microsoft oficializou o fim do Windows Live Messenger (o eterno MSN Messenger). Já era. Acabou. Morreu. No primeiro trimestre de 2013, o Messenger será finalmente descontinuado, com exceção da China, onde ele ainda estará disponível por alguma razão obscura. Os antigos contatos que você possuía no MSN agora poderão ser encontrados no Skype.

Com o lançamento do Skype 6.0 para Windows e OS X, finalmente pudemos perceber uma grande mudança no programa, esperada desde a aquisição do Skype pela Microsoft por US$ 8,5 bilhões em maio de 2011: a empresa incluiu o suporte a rede do Windows Live Messenger e tornou possível o login com uma conta da Microsoft, desde que você passe pelo confuso processo de migração.

A mudança para o Skype é boa em partes, pois o Skype já possuía versões para iOS e Android, será possível se comunicar com amigos do Messenger no smartphone ou tablet sem instalar programas não-oficiais, como o IM+. O Skype também possui diferenciais em relação ao MSN, como a possibilidade de ligar para telefones fixos e fazer videochamadas em grupo.

Eu pessoalmente prefiro a versão do Windows Live Messenger ao Skype, pode ser por estar mais acostumado ao mesmo, mas tem uma coisa muito chata no Skype: você não consegue tirar ele da barra de tarefas, mesmo clicando em fechar ele permanece na barra, você tem que se desconectar dele para que o mesmo saia da barra e fique ao lado do relógio.

Bom é isso, assim morre o comunicador instantâneo que fez parte da vida de muitas pessoas. Descanse em paz, MSN.

Até a próxima,